segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Alargamento da Praia Central , em Balneário Camboriú, começa a sair do papel.


"Prefeito assina contrato com empresa que buscará jazida de areia para a Praia Central
No dia 06 de janeiro, o prefeito Edson Piriquito assinou o contrato com a empresa Coastal Planning & Engineering, com matriz nos Estados Unidos, mas com uma subsidiária no Brasil. A empresa venceu a licitação para realizar a busca e o estudo de jazidas de areia para uso no alargamento da Praia Central de Balneário Camboriú. O ato de assinatura contou com a presença do vice-prefeito Cláudio Dalvesco, dos vereadores Asinil Medeiros, Marcos Kurtz e Nilston Probst, dos secretários municipais e de representantes da construção civil da cidade.

Lindino Benedet, presidente da Coastal Planning & Engineering no Brasil, fez uma explanação de como funciona o trabalho de estudos técnicos na busca de jazidas de areia para obras como o alargamento da faixa de areia da Praia Central. Nos Estados Unidos, a Coastal Planning & Engineering já realizou mais de 100 alargamentos de faixa de areia com sucesso. Lindino explica que esta etapa inicial, da busca do tipo de areia certa para a praia de Balneário Camboriú, é fundamental. "É preferível um gasto menor agora, com a contratação deste estudo, do que se gastar milhares de reais no futuro, se a obra for feita com uma areia errada para esta praia", salientou. No estado americano da Flórida, sede da empresa, 80% das praias são alargadas com a ação do homem. O chamado aterramento hidráulico, só é feito mediante um estudo profundo de impacto no mar, de combinação de material e possibilidade de transporte e extração.

A Coastal Planning terá um contrato de seis meses para realizar os estudos, achar a jazida compatível e elaborar projeto de extração desta jazida ou jazidas. O prefeito Edson Piriquito, explica que a obra de alargamento da faixa de areia só será possível se a Coastal encontrar a areia compatível com a da praia. Caso contrário, a Prefeitura não deverá executar a obra. O prefeito acredita que a empresa tem capacidade técnica e experiência neste tipo de trabalho e crê que ela irá ter êxito na busca. "É uma obra necessária para o futuro da cidade, mas vamos executar ela com muita responsabilidade. Essa etapa é importantíssima e decisiva, para sabermos as reais condições, termos dimensão de que temos um tipo de areia que não comprometa a praia e sua característica original", disse Piriquito. O prefeito salientou, ainda, que este ato acaba com a especulação sobre o alargamento e é um passo decisivo para que o município faça esta obra. "A empresa tem muita experiência no mundo inteiro, vimos hoje uma apresentação de praias de várias partes do mundo, onde ela obteve êxito, espero que aqui, tenhamos o mesmo êxito", finalizou.

Fonte: Prefeitura de Balneário Camboriú."



A grande questão a ser analisada agora é o  impacto ambiental que a obra causará.  Também não podemos esquecer que o empreendimento poderá afetar diretamente o turismo e o cotidiano dos moradores da cidade...

 Encontrei na net há poucos dias essas fotos da praia Copacabana, no Rio de Janeiro,   mostrando as obras de alargamento da faixa de areia (com areia de Botafogo) e também a construção dos tubos que se conectariam ao emissário submarino de Ipanema.
 Acho que pouca gente sabe que a atual faixa de areia de Copacabana é obra do homem:










_______________________________________________________________________________

Você já parou para pensar na Avenida Atlântica em obras, em plena temporada , com aquele trânsito de lascar??




Recent Posts

www.fredericaimoveis.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...